Arquivo mensal: março 2015

Eu aposto pouco e

arrasto

planejo

almejo e

muito

penso.

Memórias cansam de ser pensamentos refluídos e amortecidos; elas gritam “por favor eu ainda existo! eu sempre existi desde que eu cheguei aqui!”. Tento espantar, mas não consigo.

[I turn to water]